Quanto tempo se leva para ser fluente em inglês?

Quanto tempo vou levar para ser fluente em inglês? A pergunta é feita com algumas variações, mas a dúvida é, em essência, a mesma. É só subsitituir “ser fluente em inglês” por “aprender inglês”, “falar inglês”, “dominar inglês” ou qualquer outra expressão similar.

Antes de mais nada, é importante deixar claro que a intenção deste texto não é dar uma resposta definitiva que sacie essa curiosidade, mesmo porque não existe um número mágico que se aplique a todas as pessoas indistintamente. Acho até estranho alguém acreditar que haveria uma resposta padrão que serviria para todos. Se até para fritar ovo existem vários jeitos, de onde saiu a ideia de que todo mundo levaria o mesmo tempo para aprender uma língua estrangeira? O objetivo do artigo é chamar sua atenção para alguns aspectos importantes sobre o cálculo de tempo para ser fluente em inglês. Vamos entender os porquês?

ser fluente

Conceitos subjetivos

Excetuando-se os profissionais de ensino, cada um tem a sua própria definição sobre fluência, baseada nas suas experiências com o idioma estrangeiro, seja na escola, no trabalho ou em viagens internacionais; ou ainda por conta de suas pretensões profissionais ou acadêmicas, entre outras razões. Portanto, “ser fluente” não tem o mesmo significado para todo mundo. O mesmo se aplica a conceitos similares, como “dominar inglês” e “falar bem inglês”. Não há definição muito clara nem mesmo para as classificações mais conhecidas, as do tipo “básico”, “intermediário” e “avançado”.

Sem um balizamento, por mais superficial que seja, não há como se falar a mesma língua. Em outras palavras, é preciso termos uma definição da régua para, primeiro, definirmos o estágio atual em que um aluno se encontra para, só depois, medirmos o quanto de progresso ele obteve. Vejamos dois sistemas de avaliação um pouco mais de perto.

Common European Framework of Reference for Languages

Uma dessas ferramentas é o Common European Framework of Reference for Languages, cuja abreviação é CEFR ou CEF. O Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas, como é chamado em português, é um guia para a avaliação do nível de proficiência de várias línguas estrangeiras. Criado na Europa, como o nome já diz, ele vem sendo adotado também em outros países fora desse continente. Seguem os nomes dos diferentes níveis.

  • A Basic User [Falante básico]
    • A1 Breakthrough or beginner [Iniciante]
    • A2 Way stage or elementary [Básico]
  • B Independent User [Falante independente]
    • B1 Threshold or intermediate [Intermediário]
    • B2 Vantage or upper intermediate [Usuário independente]
  • C Proficient User [Falante proficiente]
    • C1 Effective Operational Proficiency or advanced [Proficiência operativa eficaz]
    • C2 Mastery or proficiency [Domínio pleno]

Para ver a descrição detalhada de cada nível, leia o verbete na Wikipedia em inglês ou em português. Preste atenção especial à tabela de equivalência do CEFR e os diferentes exames de proficiência mais conhecidos, como o TOEFL e o TOEIC.

Test of English as a Foreign Language

O Test of English as a Foreign Language, mais conhecido pela sigla TOEFL, é um exame cujo objetivo é avaliar a competência linguística do aluno que não tem o inglês como idioma materno e que deseja estudar nos Estados Unidos. Cada universidade americana estabelece uma nota mínima necessária para aceitar matrículas de alunos estrangeiros. Visite o site oficial para obter mais informações sobre o TOEFL.

Diferentes pontos de partida

No Brasil, todos os adultos alfabetizados, em maior ou menor grau, têm contato com a língua inglesa.

Outra característica comum a várias pessoas é o fato de já terem estudado inglês durante algum tempo, na escola tradicional e em escolas de idiomas. Esse período varia de alguns meses a alguns anos, em geral, entrecortado por interrupções de toda ordem. Quem nunca? 😉

Novamente, é muito difícil sabermos com exatidão em que degrau dessa escada estamos. Existe de tudo: gente que fala muito bem, mas acha que tem o inglês péssimo, e também aqueles que têm certeza de que arrasam no inglês, mas que mal conseguem se fazer entender.

Mais de uma inteligência

Você se lembra daquele seu colega de escola que desenhava muito bem? E daquele outro que era craque no futebol? E do menino que era fera em matemática, física e química? Eu era bom em inglês, e você? Só não vou acreditar se você me disser que tirava nota máxima em todas as matérias. 😉

ser fluente

Somos diferentes. Sem querer dar uma de psicólogo, posso afirmar que existe mais de um tipo de inteligência. Há a inteligência linguística, a espacial, a musical, a lógico-matemática, entre outras. Se você se interessar pelo assunto, leia o artigo “Os vários tipos de inteligência: musical, intrapessoal, espacial , corporal, matemática, emocional. Qual é a sua?“, publicado na revista Planeta ou ainda o verbete da Wikipedia que trata de Inteligências múltiplas.

É evidente que podemos dedicar mais tempo e esforço àquelas matérias em que temos maior dificuldade com o intuito de compensar esse desequilíbrio, mas é inútil negar que ele existe. A conclusão óbvia a que podemos chegar, portanto, é a de que aprendemos a velocidades diferentes.

Faixa etária

Outro fator preponderante na definição do quanto tempo você vai precisar para ser fluente em inglês é a idade. Exceção feita às crianças pequenas que têm de fato maior facilidade para aprender idiomas estrangeiros pelo fato de suas conexões neuronais ainda estarem em formação, os adultos possuem, em geral, o mesmo potencial e, em tese, podem aprender inglês independentemente de sua faixa etária. É lógico que as diferentes inteligências são fator determinante nesse progresso.

Você já deve saber que a quantidade de tempo dedicada ao estudo do idioma estrangeiro é um dos fatores preponderantes se quisermos determinar quanto tempo levaremos para termos fluência nessa língua. Mas esse é o assunto do próximo tópico.

Quanto tempo por semana?

A recomendação dos especialistas é estudar um pouco por dia, todos os dias. As doses homeopáticas costumam render mais frutos do que as cavalares e espaçadas. Também não estou falando nenhuma novidade, não é mesmo? A intenção é só relembrar aquelas coisas que estavam um pouco esquecidas.

Objetivos distintos

Nem todo mundo usa a língua inglesa da mesma forma e para os mesmos propósitos. Para um cientista, por exemplo, que publica seus trabalhos em inglês nas principais revistas especializadas, pronúncia e fluência são competências secundárias. Ou seja, não existe tanta pressão para ele ser fluente. Por outro lado, se um executivo for fazer uma apresentação ou participar de uma negociação em inglês, um escorregão na ortografia não é o fim do mundo, mas uma hesitação na fala pode ser interpretada como insegurança, desconhecimento ou medo. Ser fluente para um executivo tem, portanto, peso muito maior.

Citei dois exemplos extremos apenas para, mais uma vez, ilustrar o argumento. É claro que ninguém vai se dedicar ao desenvolvimento de uma só competência linguística, mesmo porque elas são parte do mesmo pacote. Mas é inegável que atividades profissionais diferentes vão exigir mais de uma ou outra habilidade.

Conclusões

Então vamos lá, você quer mesmo uma resposta para a pergunta do título? Quer saber quanto tempo você vai levar para ser fluente em inglês? Imagine que alguém te pergunte quanto tempo vai durar uma viagem, mas não sabe onde está, para onde vai nem qual o meio de transporte vai usar. Como é possível dar uma resposta precisa sem essas informações?

ser fluente

Espero que este artigo tenha trazido à luz algumas questões ainda um tanto nebulosas sobre quanto tempo é necessário para se aprender uma língua estrangeira. A resposta para a pergunta “Quanto tempo vou levar para ser fluente em inglês” irá variar de pessoa para pessoa. Em suma, vai depender do seu ponto de partida, do seu grau de inteligência linguística, do tempo que você puder dispor para se dedicar às atividades com a língua inglesa e também do seu objetivo específico. E adivinha quem tem essas respostas?

And how would like your eggs? Over easy for me. How about you?

Fonte: teclasap.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s